? Ginger & Rosa » Filme Ja Downloads
rss email twitter facebook
google
Receba nossas atualizações diretamente em seu e-mail . É simples, rápido e grátis ! Cadastre seu e-mail abaixo :

Ginger & Rosa

Status de Atualizações do Post: DVDRip AVi Dual Audio
IMDB

m_2115295_a3eae0fb

Sinopse :

A vida de duas adolescentes, Ginger (Elle Fanning) e Rosa (Alice Englert), amigas inseparáveis que vivem na Londres de 1962. Elas cabulam aulas juntas, discutem política, religião, penteados e sonhos. Porém, com a Guerra Fria e a revolução sexual da época, a amizade das duas garotas é abalada.

Opiniões | Curiosidades | Críticas | Prêmios :

Olha! O filme me “tocou” mesmo! Que filme maravilhoso! É uma pequena obra prima! O filme tem início mesmo no começo dos anos 60 do século passado. Com a famosa Crise dos Mísseis Cubano de outubro de 1962. Quando se tinha a informação de um Mundo que iria se acabar. Mas penso que na realidade o drama é sobre o amadurecimento de duas garotas de 17 anos. E é nisso que o filme se torna mais interessante. Quando da passagem da fase adolescente para adulta das meninas. Todos nós que passamos por isso sabemos que é uma “linha muito tênue” entre as duas. A gente quer ser mais maduro (a) mas não conseguimos perder nossas características de imaturo. Este filme foi escrito e dirigido pela veterana londrina SALLY POTTER (1949). E com certeza ela tinha, na época que passa o filme, 13 anos. E viveu toda crise de uma possível guerra e é claro a problemática da imaturidade/maturidade. Confesso que o filme jamais é confuso. O filme no começo, é até engrenar a história, é parado em ritmo baixo. Mas mesmo assim ele é encantador e sublime. Para alcançar uma alta rotação em seguida. Pois volta com tudo ao falar de um dos maiores intelectuais britânico e pacifista de todos os tempos. Falo de Bertrand Russell (1872/1970). Do alémão Friederich Engels (1820/1895) e principalmente da francesa Simone de Beavoir (1908/1986). E convenhamos falar destes intelectuais não tem nada de confuso ou parado. Só se a gente não conhece estes intelectuais. Mas até nisso o filme é bom. Pois nos convida a ler sobre estes escritores que ajudaram a mudar (para melhor) o mundo. A fotografia é muito linda, pois é de época. Mas também ajuda a enaltecer o ruivo dos cabelos de Ginger. Outra nota alta do filme é a banda musical. Que apresenta uma música como Tutti Frutti. Um clássico de Little Richard dos anos 50 do século passado. A música Take Five de Dave Brubeck e até uma sonora de Franz Schubert que não recordo o nome. Mas tudo isso não seria possível sem um elenco bem afinado como conseguiu a produção do filme. Todos os coadjuvantes estão bem. De quem gostaria de falar é das duas meninas do filme. A Rosa é vivida pela australiana e filha da diretora Jane Campion. Estou falando, portanto, de quem tem DNA do CINEMA no sangue. Seu Nome é Alice Englert nascida em 1994. Que no filme me pareceu mais madura. Mais “mulher” do que Ginger mesmo as duas, no filme, tento a mesma idade. Ela sem dúvida transmite uma segurança e uma sexualidade maior. Mas não tenho dúvida alguma que o Sol o coração do filme é a magnifica atriz Elle Fanning que mesmo aos 15 anos mostra ser uma atriz de grande dramaticidade. No final do filme ela e todos os demais atores, quando aparecem, vemos o seu grande domínio sobre os demais. Simplesmente é de um talento maior. Concordo que ela é mais bonita que sua irmã Dakota Fanning (1994). Mas no talento ainda vou esperar mais alguns anos. Pois com certeza até agora nenhum roteiro dramático esteve ao lado da mana Dakota. O mais próximo foi em As Garotas do Rock (2010). Mas mesmo assim ela ficou em segundo plano no filme. Enfim! Todos nos que gostamos de CINEMA devemos acompanhar o crescimento destas duas atrizes. Simbolo maior deste pequeno grande filme na essência britânico. Mas com uma cultura Universal.

Trailer: Assistir

Imagens | Posters | Capa | Cartaz | Fotos:

m_2115295_b88c1852
 

Cena 1
 

Cena 2

Informações Técnicas :

Título no Brasil: Ginger & Rosa
Título Original: Ginger & Rosa
País de Origem: Reino Unido / Dinamarca / Canadá / Croácia
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 90 minutos
Ano de Lançamento: 2012
Direção: Sally Potter
Estreia no Brasil: 19/04/2013
Estúdio/Distrib.: Paris Filmes
Idade Indicativa: 14 anos

Elenco :

Christina Hendricks … Natalie
Jodhi May … Anoushka
Alessandro Nivola … Roland
Luke Cloud … Rosa’s Father
Poppy Bloor … Ginger
Magdalene Mountford … Rosa
Elle Fanning … Ginger
Ray Lonnen … Radio Announcer
Alice Englert … Rosa
Brock Everitt-Elwick … Beatnik
Max Scully … Beatnik
Marcus Shakesheff … Teddy Boy in Car
Charlie Smith … Teddy Boy in Car
Rupert Rixon … Boy on Beach
Timothy Spall … Mark
Andrew Hawley … Tony
Ben Wimsett … YCND Boy
Oliver Platt … Mark Two
Annette Bening … Bella
Aine Garvey … Child Playing
Madison Deluca-Perry … Child Playing
Amelie Deluca-Perry … Child Playing
Rory Finn … Boy in café
Oliver Milburn … Roger
Richard Strange … Dinner Guest
Stephen Boxer … Police Doctor
Francesca Bennett … Nosey Neighbour (não creditado)
Greg Bennett … Demo Policeman (não creditado)
Gary Comerford … CND Protestor (não creditado)
Philip Harvey … Demo Policeman (não creditado)
Robin Harvey … CND Protester (não creditado)
Andy Joy … Crucifer (não creditado)
Kayti Moran … Sixth Fomer (não creditado)

Trilha Sonora :

“L’il Darlin” Escrita por Neal Hefti
Interpretada por Count Basie
“Fantasie” Escrita por Franz Schubert
Interpretada por Vitya Vronsky, Victor Babin
“Take the A Train” Escrita por Billy Strayhorn
Interpretada por Duke Ellington e the Duke Ellington Orchestra
“Pony Time” Escrita por John Berry, Don Covay
Interpretada por Chubby Checker
“Bird Gets the Worm – Take 1” Escrita por Charlie Parker
Interpretada por Charlie Parker’s All Stars
“I’m Getting Sentimental Over You” Escrita por Ned Washington, George Bassman
Interpretada por Thelonious Monk
“Petite Fleur ” Escrita por Sidney Bechet
Interpretada por Sidney Bechet
“Tutti Frutti” Escrita por Dorothy Labrostrie, Joe Lubin, Little Richard
Interpretada por Little Richard
“I Don’t Stand a Ghost of a Chance With You” Escrita por Ned Washington, Bing Crosby, Victor Young (como Victor Popular Young)
Interpretada por Thelonious Monk
“Take Five” Escrita por Paul Desmond
Interpretada por Dave Brubeck Quartet
“Apache” Escrita por Jerry Lorden
Interpretada por The Shadows
“Blue in Green” Escrita por Miles Davis
Interpretada por Miles Davis
“All of Me” Escrita por Gerald Marks, Seymour Simons
Interpretada por Les Paul
“The Man I Love” Escrita por George Gershwin ,Ira Gershwin
Interpretada por Christina Hendricks
“Body e Soul” Escrita por Johnny Green, Edward Heyman, Robert B. Sour, Frank Eyton
Interpretada por Django Reinhardt
“The Man I Love” Escrita por George Gershwin, Ira Gershwin
Interpretada por Thelonious Monk

Tamanho do Arquivo : 693 MB
Qualidade do Vídeo : DVDRip ( 10 )
Idioma do Audio : Inglês e Português ( Dublado ) – Dual Audio ( 10 )
Servidor : BRupload
Download / Baixar :



RELEASE : Ginger.e Rosa.DVDRip.XviD.Dual.Audio-TOM

Deixar resposta

 
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE